O que é cultura de inovação e como incentivá-la

Atualizado: Abr 15


A cultura começa com a liderança e se espalha por toda a organização. É difícil mensurar o impacto da cultura na lucratividade. Mas existe um consenso no mundo dos negócios de que a cultura é essencial para a sustentabilidade da empresa. O que é uma cultura de inovação? Veja abaixo seus principais elementos.



O foco no cliente é o principal elemento de uma cultura de inovação. Por um lado, incentiva a empresa a melhorar seus processos para reduzir custos e servir clientes com mais eficiência. Por outro lado, incentiva colaboradores a conceber novas formas de satisfazer suas necessidades. Alavanca inovação a partir da empresa e a partir do cliente.

Em culturas com forte foco no cliente, os colaboradores se sentem à vontade para contestar seus superiores quando contrariam o interesse dos clientes. O cliente é mais importante do que o presidente da empresa, pois é ele que possibilita a existência da empresa.


A Colaboração é outro elemento fundamental para a inovação. As estruturas das empresas estão cada vez mais complexas. Os colaboradores precisam navegar nessas complexidades. A maioria dos projetos precisam de apoio de múltiplos departamentos. Em algumas empresas, muitos projetos não saem do papel porque nenhuma área sozinha possui incentivo, meios e orçamento para implementar uma mudança. Nesses casos, projetos essenciais podem ficar engavetados durante anos.


A coragem é essencial. Chefes precisam ter cuidado para não atirar no mensageiro. Funcionários escondem más notícias quando são punidos por apontar problemas. O medo faz com que os funcionários deixem de sugerir ideias e jamais desafiem o status quo. Incentivar funcionários a apontar problemas e dar sugestões é essencial para a inovação.


O Aprendizado Contínuo é um elemento com diversas dimensões. Primeiro, o aprendizado sobre a empresa e o negócio reforça o entendimento entre as áreas e a colaboração. Segundo, quando funcionários adquirem novas competências, também podem usá-las a serviço da organização. Por isso, é importante incentivar o treinamento e a atualização da força de trabalho.

Os funcionários devem dedicar algumas horas todas as semanas para adquirir novas habilidades que sejam rapidamente aplicadas e levem o trabalho para outro patamar.