• Fernando Fagá Alves

Empresas que investem em diversidade são mais inovadoras e lucrativas

Atualizado: Jan 30

1 em cada 3.6 brancos com ensino superior chegam a um cargo de coordenação ou superior. Entre os negros, apenas 1 em 4.75*. A disparidade entre cargos é maior do que a disparidade educacional.(1)

A taxa de desempregos entre negros é 71% maior do que a taxa de desemprego para brancos. (2) O mesmo país, uma outra realidade. Celso Furtado chamava o Brasil de Belíndia. Bélgica para uns, Índia para outros.

A diferença salarial entre negros e brancos chega a 31% (3). Já ajustando para diferenças em qualificação.

Não são apenas os negros que perdem com a falta de inclusão, mas a sociedade como um todo. Empresas poderiam estar contratando e promovendo profissionais mais qualificados, mas preferem escolher com base em raça.

O setor privado precisa de ações afirmativas, como o programa de trainee exclusivo para negros da Magazine Luiza e da Bayer para reduzir disparidades. (4)

Diversos CEO´s nas principais empresas americanas já consideram a diversidade uma prioridade em seus negócios. São milhões e milhões de dólares investidos para corrigir desigualdades históricas. (5)

Essas ações não são puramente altruístas, empresas precisam de diferentes perspectivas para competir melhor.

Empresas que investem em diversidade têm mais receita com novos produtos.

De acordo com um estudo da BCG (Boston Consulting Group), empresas que investem em diversidade têm 50% da sua receita vinda de novos produtos– 20% a mais do que empresas abaixo da média. Além disso, têm uma margem de lucro 10% maior. (6)

Rocio Lorenzo, que conduziu o estudo, mostra seu ponto de vista neste TED Talk. O ponto é mais focado em igualdade de gênero do que em igualdade racial, porém o racional é o mesmo. Diversidade de raça e gênero leva à melhores resultados.

Em um estudo entre Startups e Venture Capitals (fundos de investimento que investem em Startups), quando os empreendedores e investidores eram da mesma raça, a probabilidade de sucesso do investimento é 30% menor. (7) Esses investidores investem muito mais facilmente em pessoas que estudaram nas mesmas escolas e compartilham o mesmo background.

Anteriormente, já escrevi que 70% das empresas são fundadas por co-fundadores com o mesmo sexo, etnia e histórico escolar. Mesmo startups podem se beneficiar pensando em diversidade desde o início.

Empresas que investem em diversidade têm menos pontos cegos

Todos nós temos pontos cegos. Criamos estereótipos. Julgamos pessoas baseado em primeiras impressões. Preferimos trabalhar com pessoas que parecem conosco. Por conta disso, muitas vezes deixamos de contratar os melhores candidatos, fazer negócio com as melhores empresas e fazer melhores investimentos.

A diversidade racial e de gênero contribui para cobrir pontos cegos nas empresas. Pessoas diferentes têm preocupações diferentes. Maior diversidade racial e de gênero vai levar a uma melhor comunicação com clientes e à diversidade de pontos de vista.

Investir em diversidade vai trazer a perspectiva para seu negócio crescer, inovar e lucrar mais. Invista em diversidade. Incentive outros colaboradores a investir em diversidade.

Sua empresa já está pensando em diversidade? Como? Se sua empresa já investe em diversidade,conte-nos como nos comentários.

Se ainda não, lembre-se investir em diversidade é um bom negócio. Comece hoje mesmo.

Fernando Alves é mestre em negócios pela University of Southern California, formado em economia pela FGV e é fundador da PilarX – consultoria focada em inovação corporativa através da promoção da cultura de inovação e engajamento com Startups

*72% dos brancos que estão no mercado de trabalho têm ensino superior, contra 57% dos negros. 20% dos brancos estão em cardo de coordenação, gerência ou diretoria contra 12% dos negros, de acordo com levantamento do Vagas.com. (1)

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo